Como sua empresa pode vender mais na internet

Como sua empresa pode vender mais na internet

Vender mais é um termo que deixa qualquer empresário com um sorriso no rosto. É sempre bom ter acesso a coisas que nos levam a lucrar mais e garantir maiores resultados em nosso mercado de atuação. Esse artigo é relacionado a isso, e dedicado a você, dono de pequena ou média empresa, que enxerga na web um caminho para o êxito. Confira o conteúdo e descubra como sua empresa pode vender mais na internet!

Conversão, o primeiro passo para vender mais!

Muitas empresas já administram um site, mas ainda não descobriram o poder da conversão. Isso porque pensaram no design, na logo, no conteúdo institucional, no domínio, no entanto não se atentaram a conversão. Converter é basicamente fazer com que os visitantes de seu site se envolvam com sua marca de forma mais profunda.

Uma lista de contatos deve ser uma das primeiras coisas que você deve trabalhar se quiser vender mais na internet. Com ela, os usuários que passeiam pelo site se tornarão leads. Nesse caso, uma isca digital (e-book, newsletter, etc.) deve ser usada para coletar os contatos. Em suma é conduzir os navegantes a fornecerem seus e-mails.

Automação de marketing

A automação de marketing é uma ferramenta imprescindível para sua empresa vender mais na internet. E automatiza processos e faz com que seu site promova lucro até mesmo quando você está dormindo. Um dos recursos mais usados é o autoresponder que permite enviar mensagens pré-programadas para os e-mails de destinatários de sua lista de contatos.

Para funcionar com efetividade, a automação deve estar bem alinhada às táticas de atração citadas no tópico anterior. Uma isca digital é o início de um relacionamento, que será alimentado através do e-mail com mensagens que educarão o cliente até que ele chegue ao ato da compra.

Marketing de Conteúdo

O marketing de conteúdo é a principal estratégia usada atualmente na web, pena que muitos empresários ainda não se deram conta. O investimento em um site bonito não valerá muita coisa se ele não estiver constantemente atualizado com conteúdos relevantes. Ao publicar de forma recorrente em sua plataforma, sua audiência aumentará consideravelmente e mais tráfego será gerado. Com isso, novas vendas irão surgir.

Uma das melhores formas de colocar isso em prática é criar um blog corporativo dentro de seu site, onde posts diários ou semanais são lançados. O marketing de conteúdo garante diversos resultados, como a já citada criação de tráfego e audiência, autoridade e posicionamento, conversão de leads, e, consequentemente, mais vendas para sua empresa na internet.

Otimização de seu site para os motores de busca

Não poderíamos deixar de citar a importância do SEO para que sua empresa venda mais na web. A sigla para ‘Search Engine Optimization’ traduzida é ‘Otimização de Sites para Motores de Busca’. Trata-se de um conjunto de técnicas que possibilitam um melhor ranqueamento de seu site em buscadores como o Google.

Os resultados podem ser pagos por meio de publicidade, ou de forma orgânica que é quando você programa adequadamente as palavras-chaves mais relevantes dentro do conteúdo. Para grandes resultados de sua presença na web, nunca deixe de investir tempo e dinheiro na melhoria de seu SEO.

Descrições matadoras

Para fechar com chave-de- ouro, aconselhamos que você dê total atenção as descrições de serviços e produtos em site. Isso também está relacionado à conversão e o aumento de vendas. Quando um produto contém imagens e legendas pontuais, a taxa de lucratividade começa a subir.

Nesse sentido, fale sempre de benefícios, exponha depoimentos de pessoas satisfeitas e pense em como melhorar a experiência dos visitantes de sua plataforma ao chegarem a sua área de vendas. Um bom conselho é aprender técnicas de copywriting ou contratar alguém para produzir para você.

Enfim, caro leitor, essas são nossas dicas para sua empresa vender mais na internet. Se desejar, forneça um feedback sobre o assunto nos comentários ou entre em contato com nossa equipe. Até a próxima!

O que é Google Adwords? Entenda!

Se você está buscando formas de divulgar seu negócio na internet e conquistar novos clientes, com certeza esbarrou com o nome Google Adwords. Mas você sabe o que isso significa? No post de hoje, vamos te explicar o conceito dessa ferramenta e mostrar como ela pode trazer benefícios para o seu negócio. Confira!

O que é Google Adwords?

O Google AdWords é a plataforma de publicidade do Google, que permite que grandes e pequenas empresas promovam seus serviços e produtos por meio do Google e de sua rede de parceiros.

Como o Adwords funciona?

O que acha de aparecer nos primeiros resultados do Google quando um usuário realizar uma pesquisa relacionada ao seu nicho de mercado? Comparando com as formas de publicidade de antigamente, isso seria quase como aparecer no intervalo do horário nobre da Globo.

E é nesse aspecto que o Google Adwords vai te ajudar. Como ele, é possível fazer seu anúncio por meio dos chamados links patrocinados, que nada mais são do que aqueles resultados que aparecem em destaque quando é feita uma pesquisa na plataforma.

O Adwords oferece duas redes distintas para seus anunciantes: rede de pesquisa e a rede de display. Veja abaixo como elas funcionam:

A rede de pesquisa

Ao vincular seu anúncio à rede de pesquisa, ele será exibido na própria página de busca do Google e nos sites do grupo, como o Youtube e o Gmail.

Isso acontecerá da seguinte maneira: o Google considera as palavras-chave buscadas pelo usuário e as que você define como importantes para seu negócio, exibindo o anúncio quando há um cruzamento entre essas duas partes.

A grande diferença aqui é que o formato do anúncio segue um padrão, aceitando somente texto, sem a permissão de inclusão de banners ou outro tipo de design.

A rede de display

Para entender a rede de display, vamos considerar o seguinte exemplo: Andreia é uma advogada que tem como hobby a culinária. Ela busca receitas e dicas pela internet e lê blogs e sites especializados no assunto.

Já Marcelo possui um site de venda de itens para cozinha: vende panelas, eletrodomésticos, pratos etc. Marcelo resolve colocar seu site na rede de display do Google AdWords.

Andreia, ao navegar por mais um blog lendo dicas sobre como melhorar seus dotes culinários, vê um anúncio de um refratário especial para assar bolos do site de Marcelo, entra e faz a compra.

Assim funciona a rede de display. Ela permite que o Marcelo, e tantos outros, anunciem em milhares de sites e blogs pela internet que são parceiros do Google. Com a rede de display, é possível utilizar banners e outros formatos de anúncio, ampliando o alcance do seu marketing e garantindo mais efetividade.

Por que anunciar no Google Adwords?

O Adwords permite ao anunciante conquistar resultados otimizados no curto prazo. Isso porque, como a ideia é ter seu site exibido na primeira página dos resultados do Google, a geração de leads pode aumentar da noite para o dia.

Além disso, os anúncios nessa plataforma encontram os consumidores no momento em que eles estão mais propensos a fazerem uma compra dos seus produtos ou serviços, ou seja, quando estão pesquisando sobre eles.

Agora que você já sabe o que é Google Adwords, está pronto para investir nessa ferramenta? Comente abaixo e nos conte quais foram suas primeiras impressões da ferramenta!

Como instalar um plugin dos mais de 40 mil plugins do WordPress

Você sabia que da para adicionar diversas funcionalidades em seu site, blog ou página WordPress com uma simples instalação de Plugins?

Neste artigo vou compartilhar com você o que é e como instalar um plugin no WordPress e ainda escolher a melhor opção para seu site.

Mas o que é um Plugin WordPress?

Uma explicação simples com poucas palavras é: uma maneira de ampliar as funções de seu site. Um plugin ira lhe oferecer uma função que por padrão não vem na instalação de seu WordPress.

Um bom exemplo disso é o Akismet, por padrão o WordPress não verifica comentários como spam, mas ao instalar ele já recomenda a ativação deste plugin.

Então caso você esteja precisando de uma nova função, você precisa que suas páginas sejam facilmente clonadas, copiadas ou como achar melhor. Esta opção não esta disponível no WordPress então ao fazer isso você pode pensar basta criar uma nova página e copiar e colar o conteúdo da outra…

Pode dar certo, mas vai te dar um grande trabalho. Ai entra os Plugins.

Você pode pesquisar dentro do seu próprio painel, por diversos Plugins e eles fazem de tudo são mais de 40mil opções, só no repositório oficial do WordPress.

Se você quiser uma explicação mais técnica do que é um plugin recomendo que leia a documentação oficial do WordPress. Clicando aqui você vai encontrar a página oficial em português.

Como instalar um Plugin em seu site WordPress?

Agora que você já sabe o que é um plugin a dúvida é, como instalar e qual escolher?

Existem basicamente três formas de instalar um plugin mas vamos abordar as duas mais usadas.

Instalando Plugins pelo próprio site.

 1 – No painel principal procura no menu esquerdo pela opção Plugins e clique em Adicionar novo.

Plugins

2 – Em seguida sera aberta uma página com os Plugins presente no repositório do WordPress. O repositório é um local onde ficam todos os Plugins, é como se fosse a biblioteca de Plugins do WordPress.

Repositório de Plugins
Repositório de Plugins

3 – Agora basta digitar o nome do plugin e clicar em instalar agora:

plugins wordpress

4 – Clique em instalar agora.

plugins wordpress

5 – Clique em Ativar Pluginplugins wordpress

Pronto seu plugin já pode ser usado.

Enviando o Plugin para o site

Outra forma de fazer isso é enviando o plugin no formato ZIP.

O formato zip é um formato de compressão de arquivos.

Todo plugin do WordPress deve estar neste formato para ser instalado.

Veja como é simples.

1 – Faça o download do seu plugin. Neste exemplo vamos demostrar com um plugin do repositório oficial, mas da mesma forma pode ser aplicada com Plugins de terceiro.

plugins

O plugin será baixado para sua máquina, no local que você escolher.

2 – Agora clique em “Adicionar novo” e em seguida e depois em “Fazer upload do plugin”:

plugins

3 – Envie o plugin baixado.

plugins

4 – Depois de ter selecionado o arquivo clique em instalar agora:

img9

5 – Basta esperar carregar a página e clicar em “ativar plugin”

plugins

A terceira forma de instalar um plugin é a mais complicada, pois requer um pouco de conhecimento técnico então se você não sabe instalar um plugin via FTP e deseja aprender deixa um comentário que posso até gravar um vídeo, mas estas as as formas mais rápidas e mais usadas.

Quais Plugins Escolher?

Sei o que é um plugin, sei instalar um plugin, mas existem mais de 40mil Plugins disponíveis, então como saber qual instalar.

1 – Não instale o que será pouco usado.

Por exemplo se você quer usar um efeito, em uma foto então instala um plugin só para esta foto, isso vai atrapalhar no desempenho do site, pois antes de começar a carregar o conteúdo da página o WordPress carrega os Plugins. então imagine um plugin ativo só para algo que só será exibido vez ou outra.

Outra vantagem de ter apenas Plugins necessários é que será mais fácil manter a manutenção, pois para manter seu site seguro é necessário sempre manter os sites e Plugins WordPress.

 

2 – Verifique o tempo de sua última atualização antes de instalar.

O WordPress é constantemente atualizado. Para evitar conflitos atualize seus Plugins, mas se ao instalar um plugin você ver a seguinte mensagem não instale.

img10

Essa mensagem diz que faz mais de dois anos que o plugin não é atualizado então logo você colocará seu site em risco, além de ter grandes chances de muita coisa não estar mais funcionando, pois acredite dois anos muda muita coisa.

3 – Teste

Sim existe diversos Plugins que fazem a mesma coisa, então para saber qual é o melhor não tem outro jeito a não ser testar.

Infelizmente testar pode levar tempo, e tempo é precioso, acompanhe o blog da dinamiza e siga nossas dicas para você saber quais Plugins estamos usando e quais nos recomendamos.

Se você quer ter uma ideia de seus primeiros Plugins ao intalar o WordPress? Então assista este vídeo 3 Plugins essenciais para ativar depois de instalar o WordPress.

No comentário abaixo deixa sua duvida sugestão de assunto e até o próximo post.

Instagram Ads: como funciona e como anunciar por lá!

O Instagram é uma rede social baseada em imagens e vídeos de curtíssima duração que pode ser acessada principalmente por dispositivos móveis, como smartphones e tablets. A rede é uma das mais populares atualmente e já está sendo usada por muitas empresas no mix de marketing digital. Porém, ainda existem muitas pessoas que desconhecem os Instagram Ads, que são os anúncios pagos da plataforma. E é justamente sobre eles que falaremos no post de hoje. Se interessou? Então continue lendo!

Como funcionam os Instagram Ads?

A rede social disponibilizou alguns formatos para seus anúncios, todos acompanhados de botões que estimulam a interação do seguidor. Os formatos são fotos, vídeos e carrossel. Nos dois primeiros casos, o nome já deixa claro: são imagens estáticas ou vídeos que permitem um link. Já o carrossel permite um nível de profundidade maior: o anunciante pode colocar de duas a quatro imagens em um mesmo anúncio. O seguidor, então, tem a opção de arrastar o dedo na tela para ver as outras figuras e clicar nelas.

Como é feito o pagamento pelos anúncios?

O Instagram cobra através de duas modalidades. Uma delas é o CPC, ou Custo Por Clique, em que o valor pago é por clique recebido. A outra forma de cobrança é o CPM, ou Custo Por Mil impressões. A melhor a escolher dependerá do anunciante e de qual o objetivo das suas campanhas.

Dicas para fazer uma boa campanha em Instagram Ads

Defina objetivos, indicadores de desempenho e cronograma de campanha

O primeiro passo é definir os objetivos e metas da sua campanha. Uma vez sabido o que se quer atingir, ficará mais fácil decidir como chegar lá. É isso que guiará o conteúdo da campanha e a medição de resultados, permitindo saber o que é que dá mais certo para fazer melhorias. A própria plataforma disponibiliza relatórios com o desempenho das campanhas.

Mas podemos dar algumas dicas de boas práticas em anúncios como estes, para evitar erros comuns. É importante, antes de tudo, deixar bem claro no perfil da marca que trata-se de uma página feita pela sua empresa, portanto não selecione um nome de usuário que nada tenha a ver com a marca e nem uma imagem de perfil que não remeta diretamente a ela.

Capriche no conteúdo

Na hora de selecionar o conteúdo das imagens, não deixe de considerar a identidade da marca, os seus valores, aquilo que a empresa defende em suas campanhas de marketing. Além disso, selecione fotos de acordo com as preferências do seu público. Aqui entra novamente a importância do monitoramento. Saber ouvir o feedback dos seguidores é fundamental para aprimorar cada vez mais o conteúdo.

Caprichar nas legendas e usar hashtags também é importante. Evite textos longos demais e envie mensagens claras e de acordo com o objetivo de cada anúncio. Usar hashtags que estão na moda ou hashtags exclusivas ajuda a fazer com que mais pessoas encontrem a página da sua empresa.

Se aprofunde no tema

Essas são algumas dicas de como usar o Instagram Ads. O próprio Facebook (empresa que é dona do Instagram) possui uma central de ajuda com esclarecimentos detalhados sobre cadastro, pagamento, como analisar os resultados, dentre muitos outros tópicos. Vale a pena conferir e se aprofundar no assunto.

E então, depois desse post, entendeu um pouco mais sobre como funcionam os Instagram Ads? Então chegou a hora de colocar a mão na massa e começar a fazer seus anúncios! Se ficou com dúvidas ou quer compartilhar suas impressões sobre esse tema, não se esqueça de deixar aqui o seu comentário!

Veja como anunciar no Facebook de forma efetiva!

 

O Marketing Digital tem possibilitado uma diversidade de estratégias para que empresas, independentemente do porte, possam fazer o seu plano de marketing digital de acordo com o orçamento disponível. Neste post, você vai ver como anunciar no Facebook é fácil e cabe no seu bolso. Confira!

Passo a passo de como anunciar no Facebook

Primeiramente, é preciso que você tenha um perfil no Facebook para gerenciar a página da sua empresa ou uma página pessoal. Importante: empresas não podem ter perfis, somente páginas. Veja aqui como criar uma página.

Conheça o processo para criar um anúncio:

Definição do seu objetivo

No seu perfil, na seta próxima ao tema “Página Inicial”, entre em “Gerenciador de Anúncios”. O Facebook vai abrir a janela de criação de campanha e solicitar que você escolha o seu objetivo.

De acordo com o seu propósito, o Facebook indica qual tipo de anúncio é mais adequado. Entre as opções, você pode escolher cliques que levem ao seu site, curtidas na página do Facebook, instalações de aplicativos, entre outras.

Segmentação do público

Esta é a próxima etapa da sua campanha. O Facebook te dá informações sobre os usuários, desde localização geográfica, até gênero, interesses e acontecimentos da vida.

A partir dessas informações, você forma o seu público-alvo e, ao mesmo tempo, confere a probabilidade de pessoas atingidas. O Facebook coloca, ao lado direito, um marcador indicando se o alcance da sua campanha é específico (o que é bom) ou se é amplo (o que pode diminuir suas chances de conversão).

Indicação do orçamento e programação

Rolando a tela, abaixo da segmentação de público, você consegue definir o quanto quer gastar por dia e colocar uma data inicial e final de veiculação, como também definir o pagamento apenas quando o usuário clicar no seu anúncio.

Ao lado direito, há um marcador que marca uma estimativa do alcance diário do seu anúncio. Tenha ele como base para calcular o período ideal de veiculação.

O Facebook é bastante intuitivo e há opções de configurações automáticas — para iniciantes — e avançadas, normalmente utilizadas por profissionais de marketing digital.

Criação do anúncio

É muito simples criar uma arte de anúncio no Facebook e não é preciso ser designer para isso. Há opções de imagens, criação de slides e vídeos, você escolhe.

Você insere a imagem e o texto, e uma prévia é formada ao lado para que você visualize como seu anúncio está ficando, em dispositivos móveis e em desktop.

Formas de visualização do anúncio

Com a campanha criada, você vai indicar onde gostaria que seu anúncio seja visualizado, no feed de notícias para desktop, na coluna da direita (posição apenas para desktop) e/ou no feed de notícias para mobile.

Como gerenciar seu orçamento

No Facebook, você tem total controle do quanto quer gastar e de que forma você quer ser cobrado pela sua campanha. Isso mesmo, você diz para o Facebook o valor máximo que você está disposto a pagar e, quando a sua campanha chegar no valor, a veiculação para.

Orçamento diário

Nesta opção, você vai indicar quanto quer pagar por dia. Por exemplo: sua campanha está definida para veicular por 10 dias e você tem R$ 1 mil como orçamento. Então o orçamento diário será de R$ 100.

Orçamento vitalício

Este modelo é indicado para quem já tem mais experiência no gerenciamento de anúncios, porque aqui você indica quanto tem de orçamento durante o período total de campanha e não define o gasto diário. O problema é que, se você não planejar bem a sua campanha ou tiver um orçamento baixo, tudo pode ser gasto logo no primeiro dia.

A vantagem do orçamento vitalício é que, se num determinado horário do dia o Facebook perceber que seu anúncio está convertendo, ele tende a veicular mais, então as chances de sucesso podem ser grandes.

Agora que você já sabe como anunciar no Facebook, aproveite também para conhecer outras formas de anunciar com o Marketing Digital nos posts sobre Google Adwords e Twitter Ads.

Participe, deixe um comentário no post com suas dúvidas e sugestões!

 

O que são e como funcionam os links patrocinados?

Links patrocinados são anúncios feitos na internet por meio de diferentes canais. Eles podem ter diferentes objetivos, seja para divulgar seu site, seus produtos, promoções, eventos, entre outros. A principal ferramenta utilizada para fazer links patrocinados é o Google Adwords. Certamente você já viu na página de resultados os primeiros itens mostrados com uma marcação de “anúncio”.

Os links patrocinados são a melhor forma de atrair um público de forma rápida e assertiva, além disso, é possível segmentar os usuários que verão seus anúncios, acompanhar diariamente os seus gastos e manipular orçamentos.

Neste post, você vai conhecer algumas das possíveis ferramentas e como cada uma delas funciona. Confira!

Links patrocinados em buscadores: Google, Yahoo e Bing

Nos buscadores, o seu anúncio fica no topo da página, acima dos resultados orgânicos. Eles são classificados e exibidos aos usuários que realizam pesquisas por meio de palavras-chave escolhidas no momento de criação da campanha.

O processo é simples, toda vez que você criar uma campanha, você vai indicar quais as palavras-chave que têm relação com o conteúdo do anúncio e com a página de destino, ou seja, o link de redirecionamento.

As palavras têm um custo que varia de acordo com a concorrência e o ramo do negócio ou atuação. Você escolhe qual o público quer atingir e o orçamento, ou seja, quanto quer pagar e de que forma, como a cada clique no anúncio, por exemplo.

As vantagens são: maior conversão; custo-benefício; maior segmentação; destaque na página dos buscadores e melhor posicionamento da marca.

Links patrocinados em mídias sociais: Facebook, LinkedIn, Twitter e Instagram

Nas mídias sociais, você vai encontrar a abreviação Ads, como Twitter Ads, por exemplo. Trata-se da mesma estratégia de links patrocinados dos buscadores: você cria anúncios, segmenta o público, define o orçamento e o seu anúncio ganha destaque diante das publicações orgânicas.

O diferencial é que, enquanto nos buscadores os links são de websites, preferencialmente, nas mídias sociais é possível criar anúncios com outros objetivos, como conseguir mais fãs para uma página do Facebook ou o download de aplicativos.

Links patrocinados em portais, blogs e websites

Outra forma de fazer links patrocinados é por meio das campanhas de display. São espaços de divulgação que portais, blogs e websites disponibilizam por meio do Google AdSense.

Assim, quando você cria uma campanha de display no Google Adwords, ele localiza qual o espaço que se identifica mais com o seu público e palavras-chave e o coloca naquele canal.

Quando um usuário daquele blog, por exemplo, clica em um dos seus anúncios, uma porcentagem do valor da campanha é disponibilizada ao proprietário daquele blog por meio do Google AdSense.

Links patrocinados em vídeos do Youtube

O Youtube também abriu espaço para anúncios. Eles são exibidos no início dos vídeos que possuem alto número de visualizações.

Assim como nos demais tipos de links patrocinados, neste canal também é possível definir o orçamento no modo diário, podendo alterar as definições quando achar necessário.

A vantagem é que você só paga quando alguém interage no seu anúncio, ou seja, quando ocorre o clique. Os anúncios possuem 30 segundos de duração.

Outra grande vantagem dos links patrocinados é que todos os resultados são mensurados e as ferramentas geram relatórios totalmente confiáveis e bem detalhistas.

Ficou alguma dúvida sobre como funcionam os links patrocinados? Deixe um comentário, participe!