O que é Google Adwords?

O que é Google Adwords? 

Ficar na primeira página do Google…

Qual empresa que não quer isso?

O Adwords torna isso possível.

E é sobre isso que eu vou falar neste artigo.  

Aqui você terá a chance de descobrir o que é Google Adwords e como ele pode ajudar o seu negócio a ficar bem posicionado na internet. Continue a leitura e tenha a oportunidade de gerar mais resultados no seu negócio!

O que é Google Adwords e como funciona?

Como eu explico no vídeo, o Adwords é o principal serviço de publicidade do Google. Ele funciona principalmente a partir do sistema CPC, Custo por Clique, e do CPM, Custo por Mil Impressões.

Os anúncios do Google AdWords são exibidos juntamente com os resultados de pesquisa no motor de busca, assim como em sites de conteúdos específicos. Esse segundo modelo compõe a rede de Display, uma crescente rede de anúncios segmentados.

Um diferencial indiscutível do AdWords é que é possível o anunciante programar publicidade altamente segmentada independentemente do nível do orçamento. Em outras palavras, você consegue atingir excelentes resultados, mesmo sem ter que investir milhares de reais em publicidade.

Isso é maravilhoso, não acha? Pois é…

No Adwords, é possível determinar quanto se está disposto a gastar por dia, sem a existência de um compromisso com o gasto mínimo. Por isso essa é, provavelmente, a maneira mais justa de anunciar na internet.  

Agora que você já sabe o que é Google Adwords, veja como é muito fácil anunciar!

Passo a passo para anunciar no Google Adwords

#1. Defina o público e o local

Você precisa, antes de tudo, definir quais os clientes potenciais que você gostaria de vissem os seus anúncios. Você deve escolher o respectivo idioma e a localização por país, região ou mesmo cidades.

Se o seu negócio está localizado em Cabo Frio, por exemplo, poderá optar por apresentar o seu anúncio apenas para pessoas do litoral do Rio de Janeiro, uma área que o seu negócio pode atender.

Entretanto, se o seu negócio não estiver limitado a nenhuma localização específica, sua publicidade poderá aparecer em todo país ou mesmo em uma seleção de países de sua escolha.

#2. Crie o anúncio

O segundo passo é criar um anúncio apresentando seu negócio (nessa etapa a ajuda de um profissional especializado é fundamental). A estrutura começa com um título seguido de duas linhas descritivas dos seus serviços ou produtos, terminando com o endereço do seu website.

Estando isso bem definido, é hora de escolher os termos pesquisados, que são os responsáveis por ativar a apresentação do seu anúncio. Esses termos são chamados de palavras-chave.

Você deverá escolher as palavras que os seus clientes utilizam quando procuram algo relacionado com o que você vende. Se for uma livraria, por exemplo, você pode começar a sua lista de palavras-chave com “livros mais vendidos”.

#3. Defina seu orçamento

Para fechar, você deve escolher o máximo que esteja disposto a pagar por um clique em seu anúncio, definindo o orçamento total que pretende gastar por dia.

Esteja nos primeiros lugares do Google

Meu objetivo aqui foi mostrar para você o que é Google Adwords e o que ele pode fazer pelo seu negócio. Para sua empresa garantir um lugar no mercado e estar preparada para vender agora no futuro, estar nos primeiros lugares da pesquisa, é fundamental.

Se você quiser saber mais sobre como isso pode ser feito imediatamente em seu negócio, me envie um e-mail! Terei o prazer em ajudá-lo!

Como ter um site profissional?

Tudo bem?

Normalmente eu escrevo sempre as quartas feiras aqui no blog, mas nesta quarta terminamos algo incrível, uma chance de ouro para seu negócio avançar e alcançar mais clientes.

Mas do que você esta falando? Você não escreve sobre desenvolvimento web?

Sim e está é a minha especialidade. E como vocês tem acompanhado o WordPress é a plataforma na qual desenvolvemos não só este blog, mas grande parte de todos os nossos serviços.

Com a experiência e todo suporte de uma gigantesca comunidade aprendemos e evoluímos, e construímos um novo serviço que ficará disponível por tempo limitado, hoje vou lhe apresentar não só como ter um site, mas sim como ter uma plataforma que atraia clientes.

Agora vamos ao ponto que vai mudar seu negócio.

O investimento na web com certeza tem custo menores do que em outras mídias, mas na maioria dos serviços você tem que fazer tudo, por exemplo quero um site. Você encontra diversos construtores pela web, mas perde horas até dias para seu site ficar pronto.

Outra opção é contratar um designer para criar um layout, mas depois você deve contratar um programador para dar vida a este layout…

Bem, fazendo as contas você vai investir tempo e dinheiro no seu projeto, mas atualmente essas são duas coisas que não devemos perde tempo e dinheiro.

Este post pode te ajudar neste problema, mas por tempo limitado, pois sabemos que cada negócio tem sua particularidade. Por isso Criamos uma incrível promoção diferente de tudo que você já viu.

1ª você terá uma plataforma de conteúdos para gerir seu negócio online da maneira que achar melhor.

2ª você terá um site profissional, baseado em modelos que realmente chamam a atenção.

3ª integração com as midias sociais

4ª tudo será entregue funcionando.

Mas como assim?

Um site profissional, meu com a mais famosa e popular ferramenta de gerenciamento de conteúdo, integrado com as redes sócias e ainda com um modelo profissional? Isso mesmo?

Sim!

Mas isso vai custar uma fortuna.

Deveria, mas pelos próximos três dias quem acessar este link tem uma super promoção e um incrível bônus.

Agora corre lá veja o que preparamos pra você entre em contato se tiver alguma dúvida e até o próximo post!

[mks_button size=”large” title=”QUERO TER UM SITE PROFISSIONAL” style=”squared” url=”http://dinamizamarketing.com.br/seu-negocio-na-internet” target=”_blank” bg_color=”#000000″ txt_color=”#ffffff” icon=”fa-check” icon_type=”fa”]

Facebook para negócios: saiba como utilizar os novos botões

Se você costuma usar o Facebook para negócios, mas não tem tempo para se aprofundar sobre todas as nuances dessa plataforma, deve estar um pouco perdido com os novos botões de reações que foram implementados na rede social.

Além de permitir que as pessoas expressem seus sentimentos de outras formas além do “curtir”, esses botões também introduzem algumas mudanças nas estratégias das empresas no Facebook.

Por isso, no post de hoje, explicamos quais são as funções desses novos botões e como tirar melhor proveito deles na hora de fazer negócios online e atrair seu público-alvo. Continue a leitura!

Os novos botões do Facebook

Os novos botões de reações foram introduzidos mundialmente em fevereiro de 2016, mas as empresas que utilizam o Facebook para negócios ainda estão começando a entender a importância de utilizar esses botões.

Ao todo, além do famoso botão Curtir, que todo mundo já conhece, foram introduzidos cinco novos botões: Amei, Haha (rindo), Uau, Triste e Grr (raivoso). Originalmente, a ideia era lançar seis novos botões (um “legal” estava na lista). Entretanto, após alguns testes feitos em sete países — incluindo Portugal, Japão e Colômbia —, o Facebook decidiu reduzir a lista.

A ideia dessa novidade é dar aos usuários uma nova gama de possíveis reações ao conteúdo disponibilizado na rede social. Já para quem usa o Facebook para negócios, as alterações vão modificar um pouco a produção de conteúdo. É bom frisar que, em termos de anúncios ou postagens, nenhuma das reações é 100% negativa. Mesmo assim, como explicaremos a seguir, as empresas vão querer evitar receber as reações raivosas.

Como o algoritmo lerá as novas reações

Quando um usuário diz que “amou” um post, conteúdos similares vão aparecer com mais frequência na sua timeline. Já se um usuário teve uma reação raivosa ou triste a um post, o algoritmo vai diminuir a exibição de conteúdos desse tipo. Ao mesmo tempo, se um post é “amado” ou teve qualquer outra reação por muitas vezes em um curto período de tempo, ele será exibido para mais pessoas.

Para o usuário, a mudança das reações é como um “filtro” na timeline. O que ele adora, acha engraçado ou surpreendente aparece mais vezes, enquanto o que ele acha triste, enfurecedor ou ignora tende a aparecer menos. Normalmente, é o tema do post que recebe a reação: um Grr para a notícia de um acidente expressa raiva pelo ocorrido, não que a pessoa acha que a matéria é ruim. Mas, caso uma página tenha várias reações negativas de um mesmo usuário, esta aparecerá menos para essa pessoa.

Para as empresas, as reações são como termômetros do conteúdo divulgado. Quanto mais polêmico (capaz de gerar reações de ódio ou amor em pouco tempo), melhor, já que isso aumenta a exposição da página para outras pessoas. É quase como se o Facebook se voltasse para as outras pessoas e dissesse “Venham ver essa discussão e participem dela também!”.

As novas possibilidades de estratégias online

Portanto, como deu para ver, a ideia principal para quem usa o Facebook para negócios é conseguir reações das pessoas — preferencialmente positivas, para que seus conteúdos sejam filtrados como “bons” pelo algoritmo.

Confira abaixo três ótimas maneiras de utilizar os botões de reações em suas estratégias:

Qual você prefere?

Empresas podem mostrar produtos diferentes e pedir uma “votação” dos seguidores com as reações, para escolher o favorito da maioria. Quem prefere X clica em Curtir, enquanto quem prefere Y reage através do botão Amei.

Investigando a concorrência

Vá até a página dos seus concorrentes e veja como o público reage aos posts deles! Utilize essas informações para verificar como seu próprio conteúdo pode ser modificado para atrair cada vez mais a atenção do seu público-alvo.

Grandes momentos

Nas redes sociais, as pessoas reagem em massa a grandes acontecimentos esportivos e artísticos, além de lançamentos de produtos. Aproveite esses momentos para capturar a reação dos seus seguidores!

E então, gostou das novidades para aprimorar suas estratégias do Facebook para negócios? Para continuar acompanhando todo o nosso conteúdo, assine nossa newsletter e receba nossas postagens diretamente no seu e-mail!

Google meu negócio: como usá-lo para aumentar suas vendas

Toda empresa que deseja crescer e aumentar suas vendas não pode ignorar a importância de ter uma presença online. Conectar seu negócio aos clientes e fazer com que eles encontrem sua empresa mais facilmente é primordial para quem está na web. A propósito, o Google Meu Negócio é uma plataforma gratuita capaz de atender exatamente a esses objetivos.

Neste post nos aprofundaremos mais sobre o Google Meu Negócio. Você verá como ele funciona, as vantagens para sua empresa e como tirar proveito dessa ferramenta para atrair mais clientes. Continue acompanhando!

Entenda o que é o Google Meu Negócio

O Google Meu Negócio é uma ferramenta gratuita do Google (pode ser acessada aqui) feita para conectar empresas e consumidores. Essa plataforma é acionada quando o público pesquisa por estabelecimentos, produtos, serviços e marcas nas Pesquisas do Google, no Google Maps ou no Google+.

O Google Meu Negócio, em sua essência, não é novo. Ele é uma espécie de upgrade e unificação de outras ferramentas, como o Google Places e os perfis de empresa no Google +. Agora tudo passa a ser gerenciado de um lugar só, facilitando a vida dos gestores e também do público.

Saiba como funciona e para quem se destina

No Google Meu Negócio, durante o cadastro, o usuário deve preencher informações fundamentais para fazer com que o Google o aproxime dos potenciais clientes. São dados como:

  • Nome do negócio;
  • Endereço completo do estabelecimento (se houver loja física);
  • Site da empresa (é possível cadastrar-se mesmo se não tiver, mas é sempre bom reforçar sua presença com um site);
  • Telefones para contato;
  • Horário de funcionamento;
  • Categoria de empresa.

Outras informações, como a descrição da loja e fotos do estabelecimento, podem ser adicionadas posteriormente no seu perfil do Google +. Aliás, vale ressaltar que, ao terminar a inscrição no Google Meu Negócio, automaticamente é criada uma conta no Google + voltada exclusivamente para empresas.

Pelo Google Maps são adicionadas automaticamente a localização do seu estabelecimento no mapa, bem como as rotas de chegada, a situação do trânsito e os transportes públicos mais recomendados para o público no momento da pesquisa.

Feito para todas as empresas

O mais legal do Google Meu Negócio é a possibilidade de promover empresas gratuitamente, sendo acessível para empreendimentos de todos os tamanhos.

A ferramenta pode ser usada não só por lojas físicas e varejistas, mas também por prestadores de serviço e negócios online. Vamos a alguns exemplos:

  • Negócios locais: todas as empresas com uma sede física, como restaurantes, academias, lojas, pizzarias, escolas, hotéis, pousadas, agências, etc.
  • Prestadores de serviço: para essa categoria, a área de cobertura do serviço deve ser informada. Os táxis, serviços de reparo e delivery de comidas se enquadram nesse segmento.
  • Negócios online: e-commerces, sites e blogs.

Exemplo prático

Suponhamos que você administre um restaurante na Barra da Tijuca (bairro da cidade do Rio de Janeiro). Um usuário, que estiver andando pelo bairro ou próximo a ele, acessa o Google e pesquisa por “restaurante”. Nessa hora, o Google Meu Negócio entra em ação para promover os estabelecimentos cadastrados, inclusive o seu, entre os primeiros resultados da busca. Isso acontece porque a ferramenta leva em conta a localização do seu possível cliente no momento da pesquisa e mostra as opções próximas a ele.

Nesses resultados poderão ser exibidas algumas informações básicas, como a localização no mapa, endereço e avaliação feita pelos clientes (por notas entre 1 a 5).

Caso ele pesquise diretamente pelo nome do seu restaurante, dados mais completos são exibidos. Além das informações citadas no parágrafo anterior, são adicionados o horário de funcionamento, fotos, quantidade de seguidores no Google +, postagens recentes na rede social, dentre outras.

Conheça os principais benefícios dessa plataforma

Torna seu negócio mais fácil de ser encontrado

A partir do momento que sua empresa está no Google, as chances dele ser encontrado aumentam muito. É o motor de busca mais usado no mundo e bilhões de pessoas, inclusive as que estão próximas ao seu negócio, usam o Google para pesquisar por soluções para as suas necessidades.

Para negócios locais é uma plataforma bastante útil. Esses estabelecimentos passam a aparecer para clientes que mal sabiam que perto deles havia uma empresa que atendesse a sua demanda. O melhor é que essa chegada é facilitada, por meio de rotas de trânsito, formas de contato e a possibilidade ser encontrado por pesquisas feitas por dispositivos móveis, por exemplo.

Permite a interação com o público

Os clientes possuem a sua parcela de participação nessa ferramenta. Eles são responsáveis por fazer reviews sobre a experiência em sua loja ou com o serviço prestado. Esse feedback do público é relevante porque influencia a tomada de decisão de outros consumidores que têm contato com seu negócio pela pesquisa.

Além do mais, você pode interagir com esses clientes que fazem as avaliações e com os seus seguidores pelo Google +. Assim, você se mantém conectado e mais próximo do público.

Centraliza o gerenciamento

Com o perfil no Google + você poderá gerenciar suas configurações, fazer novas postagens, publicar fotos, atualizar informações e monitorar seu desempenho diretamente por um único painel na rede social.

Outro recurso interessante é o app do Google Meu Negócio, disponível para download para sistemas Android e iOS. A mobilidade é importante caso você circule muito fora da empresa e esteja sempre conectado ao smartphone ou tablet.

Aplique as melhores práticas para vender mais

Como toda ferramenta que faça sua empresa posicionar-se melhor nas buscas do Google, há o potencial para crescer o número de pessoas que conheçam o seu negócio, visitem ele e, consequentemente, comprem suas ofertas. No entanto, as coisas não acontecem assim tão naturalmente. Logo, algumas medidas devem ser aplicadas para aumentarem suas chances de venda. Confira:

Mantenha suas informações atualizadas

O seu perfil no Google + pode e deve ser usado para atualizar os dados da sua empresa, principalmente o endereço e os meios de contato. Essa é a garantia de que os clientes sempre encontrarão o seu negócio sem dificuldades.

Monitore as atividades dos clientes

O painel do Google + também fornece insights para os gestores e notificações de novos comentários. O primeiro recurso traz dados baseadas em métricas relevantes, como a quantidade e a origem das visualizações, assim como o número e os locais de cliques quando sua empresa é mais explorada nos resultados. O segundo serve para manter você atualizado sobre a interação de clientes com o seu perfil e em suas postagens.

Acompanhar toda essa movimentação é importante para entender como age o público interessado no seu negócio e, assim, aprimorar seus processos e estratégias de comunicação, relacionamento e vendas.

Converse com o público

Mais do que só monitorar, é interessante participar junto com os clientes. Caso alguém escreva uma avaliação sobre a sua empresa, responda agradecendo pelo feedback e até mesmo perguntando o motivo da nota.

Caso prefira, você pode migrar as conversas dos comentários e do Google + para o Hangouts. Através dessa ferramenta você pode dialogar com seus clientes pelo chat de texto ou abrir uma transmissão de videoconferência com eles.

O Google Meu Negócio é uma plataforma que só traz benefícios para todas as empresas cadastradas. Primeiro porque é gratuita, ou seja, quem está dentro não tem nada a perder. Segundo porque promove o seu empreendimento para as pessoas certas, as quais têm interesse nas suas ofertas. Terceiro, e mais importante, porque dá uma identidade completa para o seu negócio na internet, com tudo que é necessário para o público chegar até você. Em resumo, fortalece sua presença na web.

Se você gostou desse post, certamente se interessará pelo nosso e-book: Conquistando mais clientes com o Google. Prepare-se para ter um salto de performance em seu negócio. Nele, você aprenderá os segredos para utilizar o Google Meu Negócio para promover sua empresa na internet, destacar-se frente à sua concorrência e aumentar suas vendas!

Negócios locais: como aumentar as vendas usando o facebook

Você já parou para pensar que o Facebook pode ser a estratégia que faltava para potencializar suas vendas e gerar mais resultados para a sua empresa? Conquistar novos clientes não é uma tarefa rápida e, muito menos, fácil. E é por isso que apostar em canais digitais, como o Facebook, é uma excelente opção para negócios locais que precisam aumentar a sua visibilidade, mas não possuem grandes verbas para investir em mídias tradicionais.

Quer saber como? Continue lendo o nosso artigo e descubra como aumentar as vendas usando o Facebook!

Dê motivos para as pessoas seguirem a sua empresa

Aumentar as vendas usando o Facebook é muito diferente de criar uma página na rede social e divulgar os seus produtos ocasionalmente. É preciso desenvolver uma estratégia que gere algum tipo de valor para que o seu público tenha interesse em acompanhar a sua empresa nesse canal.

Tenha em mente o seguinte: ninguém gosta daquele amigo inconveniente que só fala dele mesmo e nunca dá espaço para ninguém mais participar da conversa. E, no Facebook, a lógica é a mesma! Se a sua empresa só fala dela mesma e de quão maravilhosos são os seus produtos, o canal se torna chato e pouco relevante para as pessoas.

Por isso, invista em conteúdos que realmente façam a diferença para o seu público. Pense em dicas, informações, tutoriais e materiais que ajudem seus clientes a resolver problemas e sanar dúvidas. Além de se posicionar como referência no segmento, a sua empresa ainda educa os seguidores sobre a importância dos produtos e serviços vendidos.

Ofereça benefícios especiais

Além dos conteúdos altamente relevantes, uma excelente forma de conquistar mais seguidores no Facebook e ainda incentivar a compra de seus produtos ou serviços, é realizar ações promocionais. Você pode, por exemplo, oferecer um cupom de desconto para quem se cadastrar na newsletter do seu site pelo Facebook, lançar produtos com exclusividade na rede social e, até mesmo, fazer concursos culturais exclusivos apenas para quem te seguir nesse canal.

Esses são apenas alguns exemplos de benefícios que você pode oferecer para os seus seguidores e que fazem toda a diferença para que eles enxerguem valor e continuem a acompanhar a sua empresa no Facebook.

O Facebook é uma via de duas mãos

Assim como toda rede social, o propósito do Facebook é conectar pessoas e empresas e incentivar conversas. Por isso, esqueça daquele velho conceito do marketing tradicional em que a marca “empurra” a mensagem para o cliente e não abre espaço para nenhum tipo de resposta.

Estabelecer uma presença no Facebook significa estar disposto a ouvir e interagir. Por isso, nem pense em deletar reclamações ou deixar os seus seguidores falando sozinhos! Além de ser uma péssima prática para a imagem da sua empresa, esse tipo de troca é extremamente valioso para fidelizar clientes. E, como todos sabemos, clientes fiéis tendem a consumir muito mais!

Não esqueça de usar CTAs

O Call To Action (CTA) nada mais é do que uma chamada para aquilo que você deseja que os seus seguidores façam. Por isso, se você quer que as pessoas cliquem em um link ou se cadastrem no seu site, não há melhor forma de fazer isso no Facebook do que pedindo!

A cada publicação, pense qual seria um CTA adequado e não deixe de incluí-lo no post. Assim, em vez de dizer “chegaram novos produtos na loja”, prefira construir textos como “chegaram novos produtos na loja, confira!”.

Mantenha uma frequência

Estabelecer uma presença e aumentar as vendas usando o Facebook está diretamente relacionado a manter uma frequência de publicações no canal. De nada adianta fazer um post aleatório por mês porque as pessoas não terão nenhum motivo para te seguir. Além disso, essa é uma prática que afeta diretamente o entendimento da relevância que o Facebook faz dos seus posts.

Se você nunca publica nada, as pessoas não interagem e, sem as interações, a sua página é considerada como pouco relevante e deixa de aparecer com frequência para os seguidores.

Descubra a voz da sua empresa

Criar uma forma de identificar a sua empresa no Facebook e nas redes sociais em geral é fundamental para que os clientes consigam reconhecê-la. Por isso, é de extrema importância que você trace uma estratégia e a mantenha em todas as publicações. Se o seu público tem um perfil mais sério, por exemplo, o ideal é usar uma linguagem mais formal.

Agora, se as formalidades não são necessárias, a sua empresa pode aproveitar um pouco mais das gírias e das brincadeiras do Facebook para participar das conversas e conquistar mais visibilidade!

Use e abuse dos recursos visuais

Fotos e vídeos chamam muita atenção e costumam se destacar em meio à timeline dos seus seguidores. Isso acontece porque esse tipo de conteúdo é mais interativo e, por ser visual, tende a chamar mais a atenção. Vale destacar que as imagens precisam ser atrativas e, de preferência, exclusivas. Já os vídeos precisam ser interessantes e abordar temas que despertem o interesse dos seguidores, por isso, prefira vídeos curtos e sem muitos efeitos visuais e sonoros.

Investir nesse tipo de recurso faz toda a diferença para marcar uma presença de qualidade e aumentar o engajamento no Facebook!

Integre o Facebook com as outras iniciativas de marketing

De nada adianta criar uma página no Facebook e seguir todas as dicas que demos se ninguém souber que a sua empresa também marca presença por lá! Integrar o Facebook com as demais iniciativas de marketing da sua empresa é fundamental para potencializar os resultados da rede. Como? Sempre divulgue a página nas campanhas de e-mail marketing, no site e, até mesmo nos materiais impressos da sua empresa!

Se você possui loja física, ainda vale orientar os funcionários a sempre comentarem que a empresa está no Facebook para os clientes!

Quer aparecer? Invista!

Também é possível anunciar no Facebook para aumentar a visibilidade da sua empresa e gerar mais vendas. Os anúncios na rede são excelentes para atrair mais seguidores e divulgar produtos e promoções. Com eles, é possível segmentar as campanhas para que elas sejam exibidas para o perfil ideal de pessoas. Além disso, você consegue controlar os investimentos e implementar mudanças estratégicas que potencializem a divulgação e tragam resultados ainda maiores!

Com essas dicas, é possível criar uma página altamente atrativa e aumentar as vendas usando o Facebook! Gostou? Para receber mais informações e novidades sobre marketing digital, não deixe de assinar a nossa newsletter e ficar por dentro das melhores estratégias e práticas para a sua empresa obter destaque na internet!

Como criar uma verdadeira máquina de vendas na internet

Como criar uma verdadeira máquina de vendas na internet


Olá, caro leitor! Como andam as coisas? Estamos aqui para mais um post sobre marketing digital, dessa vez com um tema indispensável para quem deseja aumentar as vendas: criação de sites para conversão.

Muita gente interpreta ter um site como montar uma vitrine na web para que todos possam saber mais sobre a empresa em questão. Pensam no design, nas descrições, na página “quem somos”, publicando conteúdos institucionais de qualidade.

Isso é muito válido, mas existem processos de alta performance capazes de transformar sites corporativos em verdadeiras máquinas de vendas. Quem se dedica a internet marketing sabe disso, mas muitos pequenos e médios empresários ainda não se deram conta.

Por isso decidimos criar este post e mostrar a você como um website bem construído e gerido pode alavancar seu lucro e levar sua empresa a outro patamar. Esperamos contribuir para seu conhecimento como empreendedor com estas informações úteis e eficientes. Confira o post!

Máquina de vendas na internet, isso é possível?

É preciso saber que o termo “máquina de vendas” é usado no setor para se referir à automatização de marketing, que são como o nome sugere, os de processos de marketing e vendas funcionando de forma automática. São softwares específicos que garantem vendas de forma mecânica.

Com o passar do tempo, o conceito evoluiu e automatização passou abranger o processo que envolve a atração, gestão e fidelização de leads, os contatos qualificados, pessoas que mostram interesse em seus produtos.

Os leads passam pelo funil de marketing (do topo até o fundo) até que estejam prontos para serem entregues ao departamento de vendas, onde a compra é consumada. Nesse processo, o uso do e-mail e a criação de conteúdo são essenciais.

Mas como funciona isso dentro do meu site?

É no seu site que tudo começa. O processo é o seguinte: O cliente pesquisa algo no Google que está relacionado ao seu trabalho. O motor de busca identifica que em sua plataforma tem a informação que o usuário busca e destaca o resultado para ele.

Ele clica em seu site e verifica se tem o que ele quer. Se a informação ou produto lhe agradarem, ele permanece um determinado tempo em sua plataforma. Mas a verdade é que a maioria não compra logo de cara, por isso você precisa cuidar de criar processos que promovam a conversão.

Sem a conversão, o visitante vai continuar visitante. Vai sair sem comprar. E é exatamente aqui que entra a automatização. Por exemplo, se você oferecer um conteúdo como brinde para seu cliente, como um e-book, para baixá-lo, ele precisará fornecer seu e-mail.

A partir daí, ele sai da esfera de visitante e se torna um lead. Então, a comunicação de sua empresa continua por e-mail onde você envia mais conteúdo para ele, como forma de educá-lo e prepará-lo para a compra.

Quando ele estiver plenamente pronto para tomar uma decisão, uma vez já engajado, ainda se tornará um cliente. Comprará com um ou mais cliques seus produtos, ou contratar seus serviços.

Mas isso pode ser 100% automatizado?

Sim, pode. De certa forma, você não precisa (nem deve) abrir mão do atendimento humano, sanando e oferecendo suporte para seus clientes de forma personalizada. Mas todo o processo de atração, conversão e fidelização pode sim, funcionar de forma automática.

É essa a essência de como criar uma máquina de vendas na internet. O primeiro passo é providenciar um site totalmente voltado à atração e a conversão, onde seja possível transformar visitantes em leads de forma funcional, prática e eficiente.

O segundo passo é escolher um bom software de automação de marketing, onde o autoresponder (ferramenta de e-mail) possa servir como base da comunicação entre sua empresa e seu cliente em potencial.

O objetivo é integrar todas as ferramentas ao site, e outros canais adicionais, como blog e redes sociais, para que juntos formem o que chamamos de máquina de vendas na internet. É dessa forma que muitas empresas estão faturando mais pela web e fidelizando mais clientes.

Então…

Está pronto para saber mais sobre como conseguir essa tal máquina de vendas? Deixe um comentário ou entre em contato com nossa equipe. Teremos o prazer de atendê-lo.

Aguardamos usa mensagem. Ate breve!

Como sua empresa pode vender mais na internet

Como sua empresa pode vender mais na internet

Vender mais é um termo que deixa qualquer empresário com um sorriso no rosto. É sempre bom ter acesso a coisas que nos levam a lucrar mais e garantir maiores resultados em nosso mercado de atuação. Esse artigo é relacionado a isso, e dedicado a você, dono de pequena ou média empresa, que enxerga na web um caminho para o êxito. Confira o conteúdo e descubra como sua empresa pode vender mais na internet!

Conversão, o primeiro passo para vender mais!

Muitas empresas já administram um site, mas ainda não descobriram o poder da conversão. Isso porque pensaram no design, na logo, no conteúdo institucional, no domínio, no entanto não se atentaram a conversão. Converter é basicamente fazer com que os visitantes de seu site se envolvam com sua marca de forma mais profunda.

Uma lista de contatos deve ser uma das primeiras coisas que você deve trabalhar se quiser vender mais na internet. Com ela, os usuários que passeiam pelo site se tornarão leads. Nesse caso, uma isca digital (e-book, newsletter, etc.) deve ser usada para coletar os contatos. Em suma é conduzir os navegantes a fornecerem seus e-mails.

Automação de marketing

A automação de marketing é uma ferramenta imprescindível para sua empresa vender mais na internet. E automatiza processos e faz com que seu site promova lucro até mesmo quando você está dormindo. Um dos recursos mais usados é o autoresponder que permite enviar mensagens pré-programadas para os e-mails de destinatários de sua lista de contatos.

Para funcionar com efetividade, a automação deve estar bem alinhada às táticas de atração citadas no tópico anterior. Uma isca digital é o início de um relacionamento, que será alimentado através do e-mail com mensagens que educarão o cliente até que ele chegue ao ato da compra.

Marketing de Conteúdo

O marketing de conteúdo é a principal estratégia usada atualmente na web, pena que muitos empresários ainda não se deram conta. O investimento em um site bonito não valerá muita coisa se ele não estiver constantemente atualizado com conteúdos relevantes. Ao publicar de forma recorrente em sua plataforma, sua audiência aumentará consideravelmente e mais tráfego será gerado. Com isso, novas vendas irão surgir.

Uma das melhores formas de colocar isso em prática é criar um blog corporativo dentro de seu site, onde posts diários ou semanais são lançados. O marketing de conteúdo garante diversos resultados, como a já citada criação de tráfego e audiência, autoridade e posicionamento, conversão de leads, e, consequentemente, mais vendas para sua empresa na internet.

Otimização de seu site para os motores de busca

Não poderíamos deixar de citar a importância do SEO para que sua empresa venda mais na web. A sigla para ‘Search Engine Optimization’ traduzida é ‘Otimização de Sites para Motores de Busca’. Trata-se de um conjunto de técnicas que possibilitam um melhor ranqueamento de seu site em buscadores como o Google.

Os resultados podem ser pagos por meio de publicidade, ou de forma orgânica que é quando você programa adequadamente as palavras-chaves mais relevantes dentro do conteúdo. Para grandes resultados de sua presença na web, nunca deixe de investir tempo e dinheiro na melhoria de seu SEO.

Descrições matadoras

Para fechar com chave-de- ouro, aconselhamos que você dê total atenção as descrições de serviços e produtos em site. Isso também está relacionado à conversão e o aumento de vendas. Quando um produto contém imagens e legendas pontuais, a taxa de lucratividade começa a subir.

Nesse sentido, fale sempre de benefícios, exponha depoimentos de pessoas satisfeitas e pense em como melhorar a experiência dos visitantes de sua plataforma ao chegarem a sua área de vendas. Um bom conselho é aprender técnicas de copywriting ou contratar alguém para produzir para você.

Enfim, caro leitor, essas são nossas dicas para sua empresa vender mais na internet. Se desejar, forneça um feedback sobre o assunto nos comentários ou entre em contato com nossa equipe. Até a próxima!

O que é Google Adwords? Entenda!

Se você está buscando formas de divulgar seu negócio na internet e conquistar novos clientes, com certeza esbarrou com o nome Google Adwords. Mas você sabe o que isso significa? No post de hoje, vamos te explicar o conceito dessa ferramenta e mostrar como ela pode trazer benefícios para o seu negócio. Confira!

O que é Google Adwords?

O Google AdWords é a plataforma de publicidade do Google, que permite que grandes e pequenas empresas promovam seus serviços e produtos por meio do Google e de sua rede de parceiros.

Como o Adwords funciona?

O que acha de aparecer nos primeiros resultados do Google quando um usuário realizar uma pesquisa relacionada ao seu nicho de mercado? Comparando com as formas de publicidade de antigamente, isso seria quase como aparecer no intervalo do horário nobre da Globo.

E é nesse aspecto que o Google Adwords vai te ajudar. Como ele, é possível fazer seu anúncio por meio dos chamados links patrocinados, que nada mais são do que aqueles resultados que aparecem em destaque quando é feita uma pesquisa na plataforma.

O Adwords oferece duas redes distintas para seus anunciantes: rede de pesquisa e a rede de display. Veja abaixo como elas funcionam:

A rede de pesquisa

Ao vincular seu anúncio à rede de pesquisa, ele será exibido na própria página de busca do Google e nos sites do grupo, como o Youtube e o Gmail.

Isso acontecerá da seguinte maneira: o Google considera as palavras-chave buscadas pelo usuário e as que você define como importantes para seu negócio, exibindo o anúncio quando há um cruzamento entre essas duas partes.

A grande diferença aqui é que o formato do anúncio segue um padrão, aceitando somente texto, sem a permissão de inclusão de banners ou outro tipo de design.

A rede de display

Para entender a rede de display, vamos considerar o seguinte exemplo: Andreia é uma advogada que tem como hobby a culinária. Ela busca receitas e dicas pela internet e lê blogs e sites especializados no assunto.

Já Marcelo possui um site de venda de itens para cozinha: vende panelas, eletrodomésticos, pratos etc. Marcelo resolve colocar seu site na rede de display do Google AdWords.

Andreia, ao navegar por mais um blog lendo dicas sobre como melhorar seus dotes culinários, vê um anúncio de um refratário especial para assar bolos do site de Marcelo, entra e faz a compra.

Assim funciona a rede de display. Ela permite que o Marcelo, e tantos outros, anunciem em milhares de sites e blogs pela internet que são parceiros do Google. Com a rede de display, é possível utilizar banners e outros formatos de anúncio, ampliando o alcance do seu marketing e garantindo mais efetividade.

Por que anunciar no Google Adwords?

O Adwords permite ao anunciante conquistar resultados otimizados no curto prazo. Isso porque, como a ideia é ter seu site exibido na primeira página dos resultados do Google, a geração de leads pode aumentar da noite para o dia.

Além disso, os anúncios nessa plataforma encontram os consumidores no momento em que eles estão mais propensos a fazerem uma compra dos seus produtos ou serviços, ou seja, quando estão pesquisando sobre eles.

Agora que você já sabe o que é Google Adwords, está pronto para investir nessa ferramenta? Comente abaixo e nos conte quais foram suas primeiras impressões da ferramenta!

O que são e como funcionam os links patrocinados?

Links patrocinados são anúncios feitos na internet por meio de diferentes canais. Eles podem ter diferentes objetivos, seja para divulgar seu site, seus produtos, promoções, eventos, entre outros. A principal ferramenta utilizada para fazer links patrocinados é o Google Adwords. Certamente você já viu na página de resultados os primeiros itens mostrados com uma marcação de “anúncio”.

Os links patrocinados são a melhor forma de atrair um público de forma rápida e assertiva, além disso, é possível segmentar os usuários que verão seus anúncios, acompanhar diariamente os seus gastos e manipular orçamentos.

Neste post, você vai conhecer algumas das possíveis ferramentas e como cada uma delas funciona. Confira!

Links patrocinados em buscadores: Google, Yahoo e Bing

Nos buscadores, o seu anúncio fica no topo da página, acima dos resultados orgânicos. Eles são classificados e exibidos aos usuários que realizam pesquisas por meio de palavras-chave escolhidas no momento de criação da campanha.

O processo é simples, toda vez que você criar uma campanha, você vai indicar quais as palavras-chave que têm relação com o conteúdo do anúncio e com a página de destino, ou seja, o link de redirecionamento.

As palavras têm um custo que varia de acordo com a concorrência e o ramo do negócio ou atuação. Você escolhe qual o público quer atingir e o orçamento, ou seja, quanto quer pagar e de que forma, como a cada clique no anúncio, por exemplo.

As vantagens são: maior conversão; custo-benefício; maior segmentação; destaque na página dos buscadores e melhor posicionamento da marca.

Links patrocinados em mídias sociais: Facebook, LinkedIn, Twitter e Instagram

Nas mídias sociais, você vai encontrar a abreviação Ads, como Twitter Ads, por exemplo. Trata-se da mesma estratégia de links patrocinados dos buscadores: você cria anúncios, segmenta o público, define o orçamento e o seu anúncio ganha destaque diante das publicações orgânicas.

O diferencial é que, enquanto nos buscadores os links são de websites, preferencialmente, nas mídias sociais é possível criar anúncios com outros objetivos, como conseguir mais fãs para uma página do Facebook ou o download de aplicativos.

Links patrocinados em portais, blogs e websites

Outra forma de fazer links patrocinados é por meio das campanhas de display. São espaços de divulgação que portais, blogs e websites disponibilizam por meio do Google AdSense.

Assim, quando você cria uma campanha de display no Google Adwords, ele localiza qual o espaço que se identifica mais com o seu público e palavras-chave e o coloca naquele canal.

Quando um usuário daquele blog, por exemplo, clica em um dos seus anúncios, uma porcentagem do valor da campanha é disponibilizada ao proprietário daquele blog por meio do Google AdSense.

Links patrocinados em vídeos do Youtube

O Youtube também abriu espaço para anúncios. Eles são exibidos no início dos vídeos que possuem alto número de visualizações.

Assim como nos demais tipos de links patrocinados, neste canal também é possível definir o orçamento no modo diário, podendo alterar as definições quando achar necessário.

A vantagem é que você só paga quando alguém interage no seu anúncio, ou seja, quando ocorre o clique. Os anúncios possuem 30 segundos de duração.

Outra grande vantagem dos links patrocinados é que todos os resultados são mensurados e as ferramentas geram relatórios totalmente confiáveis e bem detalhistas.

Ficou alguma dúvida sobre como funcionam os links patrocinados? Deixe um comentário, participe!

Google Adwords – Como colocar sua empresa no topo do Google

Como colocar sua empresa no topo do Google com o Google Adwords

Olá, caro leitor! Preparamos mais um post para contribuir com a atuação de sua empresa na internet. O assunto de hoje é bastante interessante: o ranqueamento de seu site nos motores de busca, mais precisamente no topo do Google. Você já deve ter reparado que alguns sites conseguem se destacar mais que outros, estando bem posicionados nos resultados das pesquisas feitas pelo usuário.

Então, isso não ocorre por acidente, muito menos toma forma a partir de elementos como design e usabilidade. É necessário um trabalho profissional de promoção com base no investimento em links patrocinados. A publicidade paga é uma tática essencial para quem deseja elevar os resultados da marca. E não é tão difícil como alguns possam pensar. Quer ver?

Sua empresa no topo do Google

O programa de publicidade online mais utilizado do mundo é idealizado pelo próprio Google e recebe o nome de AdWords. Um sistema de alto desempenho, que pode ser personalizado de forma prática e consistente. Nele, o anunciante pode definir as principais palavras-chaves de seu negócio e ser facilmente encontrado pelo usuário.
O programa oferece uma gama de possibilidades para que as organizações divulgarem suas marcas. E o mais interessante e que aparentemente apresenta alto custo de implementação e manutenção, mas não. Com um baixo orçamento é possível divulgar produtos e serviços de forma precisa e eficiente, em larga escala.

Investimento e alcance

É você quem determina quanto irá pagar por dia, podendo veicular seus anúncios sem a necessidade de um gasto mínimo fixo. Esse é um grande diferencial em relação a mídias tradicionais, como jornais, revistas, TV, em que altos valores fixos são exigidos. E em se tratando de alcance, suas campanhas poderão ser visualizadas por muitas pessoas, de forma segmentada, ou seja, por quem realmente se interessa por elas.
Um dos principais aspectos do Google AdWords é que quando alguém pesquisa uma das palavras-chave que você escolher para compor seu anúncio, só será contabilizada se houverem cliques em seu website. Dessa forma, você tem controle total de todos os aspectos financeiros da sua campanha online. Esse é um grande diferencial de estar no topo do Google.

Como anunciar sua empresa em 4 passos:

#1. O primeiro passo é definir os clientes em potencial, os navegantes que gostariam de ver seus anúncios. Esse é seu público-alvo. Depois é escolher o respectivo idioma e sua localização, por país, região e até cidades. Mas se seu negócio não tiver restrições geográficas, poderá aparecer em todo país ou mesmo em uma seleção de países que você escolher.

#2. Após isso, é preciso escrever um anúncio que apresente sua campanha de forma relevante e atrativa. A estrutura da peça consiste num título seguido de duas linhas descritivas dos produtos ou serviços, fechando com o endereço do seu site.

#3. O passo seguinte é escolher os termos de pesquisa, as já citadas palavras-chaves. Deve-se escolher as que os seus clientes mais utilizam quando procuram algo relacionado com o tipo de serviço ou produto que sua empresa comercializa. Um detalhe: quanto mais relevante e menos concorrência ela tiver, mais os anúncios terão êxito.

#4. Por fim, você deve pensar no investimento. Escolher o quanto está disposto a pagar por cliques em seu anúncio e o orçamento total que pretende gastar por dia. É bom planejar bem, pensando em um valor que não seja exorbitante, mas que também não seja pífio.

Preciso de um site para anunciar no Google Adwords?

Muitas pessoas nos fazem essa pergunta diariamente e a resposta é, NÃO! Você não precisa de um site, um hot site ou qualquer coisa do tipo. Tudo que precisa para anunciar no Google Adwords é ter algo para vender, aqui é o lugar onde você encontra pessoas que estão buscando pelo o que você oferece. Os anúncios do Google oferecem extensões para adicionar seu número de telefone e com um clique a pessoa que esta fazendo a pesquisa liga para você, existem ainda outras maneiras incríveis de anunciar no Google Adwords e você pode descobrir todas em uma consultoria Gratuita com um de nossos especialistas clicando aqui.

Seu negócio, produto ou serviço no topo do Google

Todas essas etapas devem ser levadas a sério, pois se forem mal programadas, estarão, na verdade, proporcionando desperdício, ao invés de lucro e conversão. Por isso é sempre bom contar com profissionais que o auxiliem nesse sentido. Nós, da Dinamiza estamos sempre buscando formas de elevar os resultados das empresas que atendemos através do Google AdWords. A sua pode ser uma delas. Solicite uma consultoria Gratuita agora mesmo e saiba como! Preencha o formulário abaixo:

[thrive_leads id=’1005′]