O que é Google Adwords?

O que é Google Adwords? 

Ficar na primeira página do Google…

Qual empresa que não quer isso?

O Adwords torna isso possível.

E é sobre isso que eu vou falar neste artigo.  

Aqui você terá a chance de descobrir o que é Google Adwords e como ele pode ajudar o seu negócio a ficar bem posicionado na internet. Continue a leitura e tenha a oportunidade de gerar mais resultados no seu negócio!

O que é Google Adwords e como funciona?

Como eu explico no vídeo, o Adwords é o principal serviço de publicidade do Google. Ele funciona principalmente a partir do sistema CPC, Custo por Clique, e do CPM, Custo por Mil Impressões.

Os anúncios do Google AdWords são exibidos juntamente com os resultados de pesquisa no motor de busca, assim como em sites de conteúdos específicos. Esse segundo modelo compõe a rede de Display, uma crescente rede de anúncios segmentados.

Um diferencial indiscutível do AdWords é que é possível o anunciante programar publicidade altamente segmentada independentemente do nível do orçamento. Em outras palavras, você consegue atingir excelentes resultados, mesmo sem ter que investir milhares de reais em publicidade.

Isso é maravilhoso, não acha? Pois é…

No Adwords, é possível determinar quanto se está disposto a gastar por dia, sem a existência de um compromisso com o gasto mínimo. Por isso essa é, provavelmente, a maneira mais justa de anunciar na internet.  

Agora que você já sabe o que é Google Adwords, veja como é muito fácil anunciar!

Passo a passo para anunciar no Google Adwords

#1. Defina o público e o local

Você precisa, antes de tudo, definir quais os clientes potenciais que você gostaria de vissem os seus anúncios. Você deve escolher o respectivo idioma e a localização por país, região ou mesmo cidades.

Se o seu negócio está localizado em Cabo Frio, por exemplo, poderá optar por apresentar o seu anúncio apenas para pessoas do litoral do Rio de Janeiro, uma área que o seu negócio pode atender.

Entretanto, se o seu negócio não estiver limitado a nenhuma localização específica, sua publicidade poderá aparecer em todo país ou mesmo em uma seleção de países de sua escolha.

#2. Crie o anúncio

O segundo passo é criar um anúncio apresentando seu negócio (nessa etapa a ajuda de um profissional especializado é fundamental). A estrutura começa com um título seguido de duas linhas descritivas dos seus serviços ou produtos, terminando com o endereço do seu website.

Estando isso bem definido, é hora de escolher os termos pesquisados, que são os responsáveis por ativar a apresentação do seu anúncio. Esses termos são chamados de palavras-chave.

Você deverá escolher as palavras que os seus clientes utilizam quando procuram algo relacionado com o que você vende. Se for uma livraria, por exemplo, você pode começar a sua lista de palavras-chave com “livros mais vendidos”.

#3. Defina seu orçamento

Para fechar, você deve escolher o máximo que esteja disposto a pagar por um clique em seu anúncio, definindo o orçamento total que pretende gastar por dia.

Esteja nos primeiros lugares do Google

Meu objetivo aqui foi mostrar para você o que é Google Adwords e o que ele pode fazer pelo seu negócio. Para sua empresa garantir um lugar no mercado e estar preparada para vender agora no futuro, estar nos primeiros lugares da pesquisa, é fundamental.

Se você quiser saber mais sobre como isso pode ser feito imediatamente em seu negócio, me envie um e-mail! Terei o prazer em ajudá-lo!

Termos de pesquisa para o graph search do Facebook

Neste artigo temos alguns termos para você pesquisar no graph search do Facebook.

Pages liked by people who like…
Pages liked by people who like x and y…
Pages liked by people over the age of 25 who like..
Pages liked by women who like…
Favorite interests of women over the age of 27 who live in São Paulo and who like…
Places in Cabo Frio, Rio de Janeiro visited by people who like..
Restaurants at Cabo Frio visited by people who like…
Movies liked by people who like…
Games played by people who like…
Favorite music of people who like…

Você pode testar vários outros termos ou mesmo perguntas.

Deixe seu comentário e até o próximo artigo.

 

Saiba como usar o Google Analytics em 4 passos

Uma das dúvidas que todo pequeno ou médio empresário que decide investir no marketing de conteúdo tem é como usar o Google Analytics.

Afinal, o Analytics é item quase obrigatório para quem quer analisar os resultados do seu site profissional, mas fazer a instalação pode ser relativamente difícil para quem tem pouca familiaridade com códigos.

Por isso montamos esse breve tutorial, que vai ensinar a criar uma conta no Google Analytics, instalá-lo em seu site e ajudar a obter os primeiros relatórios de tráfego e visitas da sua página. Continue lendo para saber mais!

O que é e como usar o Google Analytics

O Google Analytics é uma API (Application Programming Interface) — uma espécie de código que se pode instalar em um site ou software – desenvolvida para ajudar a controlar de maneira estatística e precisa os acessos de um site.

O Analytics registra e reporta todas as visitas que um site ou blog recebeu, dividindo essas informações em várias categorias e elaborando relatórios muito completos.

Com esse programa, por exemplo, é possível saber quantas pessoas de cada lugar do Brasil visitaram um site, a que horas fizeram, de onde vieram e por qual página saíram do site.

De posse dessas informações, é possível otimizar o site para receber mais acessos e atingir seus objetivos mais facilmente.

Instalando o Analytics no seu site

Se você se interessou em descobrir como usar o Google Analytics no seu site, vamos ensinar como obtê-lo em alguns poucos passos.

Confira abaixo:

1. Criando uma conta

O primeiro passo para usar o Analytics em seu site é criar uma conta no Google Analytics. Para isso, será necessário ter uma conta do Google.

Uma conta no Gmail, por exemplo, já serve, mas uma conta no YouTube ou qualquer outro serviço Google também funcionará.

Quando a página abrir, clique em Inscreva-se.

2. Cadastrando seu site

Após iniciar o processo de inscrição, o Google pedirá algumas informações sobre o seu site, para poder cadastrá-lo e gerar um código que vai instalar o Analytics.

Uma mesma pessoa pode ter vários sites, mas cada página possui um código único do Analytics – por isso, se você quiser ter o Analytics em vários sites diferentes, precisará cadastrar todos no site do programa.

Nesse momento, você fornecerá dados como a URL do seu site, um nome de conta, a localização do site e o fuso horário do mesmo.

Essas informações são importantes para ajudar a gerar informações mais precisas no relatório do Analytics.

3. Colocando os dados pessoais

O próximo passo do processo de instalação do Analytics consiste em oferecer seus dados pessoas para o Google.

Os dados pedidos são simples: Nome, Sobrenome, Telefone e País. Assim, o Google conseguirá oferecer um sistema de atendimento melhor caso necessário.

4. Aceitando os termos legais

Por fim, antes de criar a sua conta oficial no Analytics, será necessário ler o contrato de termos de serviço do Google e concordar com ele.

É um processo burocrático, mas necessário para entender as finalidades do software.

Gerando o código para instalar o Analytics

Uma conta já foi criada e agora você quer saber como usar o Google Analytics no seu site, certo? Pois bem, é simples.

No site do próprio Analytics, o Google oferecerá um código de rastreamento para inserir no seu site. Esse código é único e pessoal da sua página, nenhuma outra terá um código igual.

Ele deve ser inserido dentro do código de cada página do seu site para que o Google possa contabilizar as visitas e obter informações sobre cada visitante da sua página.

Dica: para evitar inserir o código manualmente em cada página do seu site, uma boa dica é colocá-lo em elementos do site que estejam em todas as páginas. Muitos webmasters colocam o código no Rodapé da página, enquanto outros inserem no Cabeçalho.

Assim, todas as páginas terão o código já que esses elementos são carregados automaticamente em todos os setores do site.

Se você não souber como fazer isso, basta pedir o auxílio do responsável por gerenciar seu site que ele saberá como fazer.

Se não houver um responsável, nós explicamos:

  • Copie o código oferecido pelo Google;
  • Abra o gerenciador do seu site e procure pelo cabeçalho (provavelmente header.php no CMS do WordPress) ou o rodapé (footer.php);
  • Insira o código dentro dessa página sem apagar ou modificar o que está por lá (preferencialmente, escolha o rodapé e insira o código imediatamente antes da tag </body>).

Começando a utilizar o Google Analytics

Agora que você inseriu o código do Analytics dentro do seu site, o Google enviará um pequeno bot (uma espécie de robô virtual) para varrer a internet e procurar por esse código.

A partir disso, o Analytics deverá começar a elaborar relatórios diários (leva de 24 a 48 horas para fazer o primeiro) sobre o seu site.

Agora que o software está ativo, como usar o Google Analytics? Confira abaixo as principais funções do programa:

Relatórios de visitas

O Analytics oferece um relatório completo de visitas do seu site. Basta entrar no site do Analytics, selecionar a sua conta e receber os dados numa interface muito simples de usar.

É possível definir o período de estudo do relatório (por exemplo, se desde o início dos trabalhos ou durante uma época específica) e analisar diferentes métricas dos seus visitantes, como as seguintes:

  • Visitantes;
  • Páginas visualizadas;
  • Duração da visita;
  • Taxas de rejeição;
  • Taxas de saída;
  • Idade média dos visitantes;
  • Localização dos visitantes;
  • Fidelidade dos visitantes.

O relatório das visitas do Analytics permite que você possa conhecer seu público e estudar a efetividade das suas ações, servindo como base para suas campanhas de marketing.

Relatório de Tráfego

O relatório de tráfego do Analytics analisa com detalhes como as pessoas chegam até o seu site.

Esse relatório mostra quantas pessoas entraram no site diretamente (ou seja, digitando a URL no navegador), quantas foram redirecionadas de mídias sociais (como o Facebook ou Twitter), quantas vieram de busca orgânica no próprio Google, quantas de busca paga e ainda quantas chegaram ao seu site sendo direcionadas de outros sites na rede.

Esse relatório é importantíssimo para estudar a efetividade do seu trabalho de obtenção de tráfego. O relatório mostra o que tem funcionado bem, o que não tem funcionado muito bem, que tipo de palavra-chave é mais buscada, qual tem uma boa taxa de conversão e qual não tem.

E assim concluímos o nosso tutorial sobre como usar o Google Analytics. Simples, não é mesmo? Deixe um comentário pra gente contando a sua opinião sobre o Analytics e se foi fácil instalá-lo com o nosso tutorial!