Instagram Ads: como funciona e como anunciar por lá!

O Instagram é uma rede social baseada em imagens e vídeos de curtíssima duração que pode ser acessada principalmente por dispositivos móveis, como smartphones e tablets. A rede é uma das mais populares atualmente e já está sendo usada por muitas empresas no mix de marketing digital. Porém, ainda existem muitas pessoas que desconhecem os Instagram Ads, que são os anúncios pagos da plataforma. E é justamente sobre eles que falaremos no post de hoje. Se interessou? Então continue lendo!

Como funcionam os Instagram Ads?

A rede social disponibilizou alguns formatos para seus anúncios, todos acompanhados de botões que estimulam a interação do seguidor. Os formatos são fotos, vídeos e carrossel. Nos dois primeiros casos, o nome já deixa claro: são imagens estáticas ou vídeos que permitem um link. Já o carrossel permite um nível de profundidade maior: o anunciante pode colocar de duas a quatro imagens em um mesmo anúncio. O seguidor, então, tem a opção de arrastar o dedo na tela para ver as outras figuras e clicar nelas.

Como é feito o pagamento pelos anúncios?

O Instagram cobra através de duas modalidades. Uma delas é o CPC, ou Custo Por Clique, em que o valor pago é por clique recebido. A outra forma de cobrança é o CPM, ou Custo Por Mil impressões. A melhor a escolher dependerá do anunciante e de qual o objetivo das suas campanhas.

Dicas para fazer uma boa campanha em Instagram Ads

Defina objetivos, indicadores de desempenho e cronograma de campanha

O primeiro passo é definir os objetivos e metas da sua campanha. Uma vez sabido o que se quer atingir, ficará mais fácil decidir como chegar lá. É isso que guiará o conteúdo da campanha e a medição de resultados, permitindo saber o que é que dá mais certo para fazer melhorias. A própria plataforma disponibiliza relatórios com o desempenho das campanhas.

Mas podemos dar algumas dicas de boas práticas em anúncios como estes, para evitar erros comuns. É importante, antes de tudo, deixar bem claro no perfil da marca que trata-se de uma página feita pela sua empresa, portanto não selecione um nome de usuário que nada tenha a ver com a marca e nem uma imagem de perfil que não remeta diretamente a ela.

Capriche no conteúdo

Na hora de selecionar o conteúdo das imagens, não deixe de considerar a identidade da marca, os seus valores, aquilo que a empresa defende em suas campanhas de marketing. Além disso, selecione fotos de acordo com as preferências do seu público. Aqui entra novamente a importância do monitoramento. Saber ouvir o feedback dos seguidores é fundamental para aprimorar cada vez mais o conteúdo.

Caprichar nas legendas e usar hashtags também é importante. Evite textos longos demais e envie mensagens claras e de acordo com o objetivo de cada anúncio. Usar hashtags que estão na moda ou hashtags exclusivas ajuda a fazer com que mais pessoas encontrem a página da sua empresa.

Se aprofunde no tema

Essas são algumas dicas de como usar o Instagram Ads. O próprio Facebook (empresa que é dona do Instagram) possui uma central de ajuda com esclarecimentos detalhados sobre cadastro, pagamento, como analisar os resultados, dentre muitos outros tópicos. Vale a pena conferir e se aprofundar no assunto.

E então, depois desse post, entendeu um pouco mais sobre como funcionam os Instagram Ads? Então chegou a hora de colocar a mão na massa e começar a fazer seus anúncios! Se ficou com dúvidas ou quer compartilhar suas impressões sobre esse tema, não se esqueça de deixar aqui o seu comentário!

Facebook Pro – Assuntos Abordados no curso

Assuntos abordados no curso Facebook Pro

 

Olá neste artigo você pode conferir os assuntos abordados no treinamento do Ramon

O Facebook Pro é um programa de treinamento altamente dinâmico e completo. Não há como divulgarmos tudo o que será abordado no curso porque o Ramon lança novas aulas com frequência. Mas para que você tenha ideia de alguns assuntos a serem tratados, ele decidiu divulgar 50% do curso abaixo:

 

Construindo a base

☉ 01 – Criando Uma Rotina Mágica De Estudo
☉ 02 – Definindo Avatar para Facebook – Parte 1
☉ 03 – Definindo Avatar para Facebook – Parte 2
☉ 04 – Design: estado da arte
☉ 05 – Perfil ou fanpage? Domine os 2
☉ 06 – Posicionamento De Marca 01
☉ 06 – Posicionamento De Marca 02

Criando uma fan page de sucesso

☉ 01 – Escolhendo A Categoria Correta
☉ 02 – Primeiras Configurações
☉ 03 – A Foto Do Perfil
☉ 04 – Concluindo A Configuração Básica
☉ 05 – Primeiro Tour Na Fanpage
☉ 06 – Cover Photo
☉ 07 – Configurações Importantes
☉ 08 – Detalhamento do negócio
☉ 09 – Funções administrativas

Otimizações Avançadas Na Fanpage

☉ 01 – Introdução à Otimização
☉ 02 – Otimizando imagens e um super truque – Parte 1
☉ 03 – Otimizando Imagens E Um Super Truque – Parte 2
☉ 04 – Usando Gatilhos Mentais 1
☉ 05 – Usando Gatilhos Mentais 2
☉ 06 – Usando palavras poderosas
☉ 07 – Usando Frases Poderosas
☉ 08 – Instalando A Primeira ABA
☉ 09 – ABA: Configurações Básicas
☉ 10 – ABA: Configurando A Página HTML

Ideias de conteúdo

☉ 01 – Introdução A Ideias De Conteúdo
☉ 02 – Seja Um ótimo Curador De Notícias
☉ 03 – Comente Conteúdos Virais
☉ 04 – Abuse Do Poder Das Listas
☉ 05 – Aprenda A Agradecer… E Gerar Comentários
☉ 06 – Encontre As Melhores Curiosidades Para Postar
☉ 07 – Preencha A Frase…
☉ 08 – Sazonalidades, Eventos E Feriados
☉ 09 – Publicando Vídeos Com 1 Webcam Em Minutos
☉ 10 – Extraia o melhor do seu concorrente
☉ 11 – Identifique Problemas E Solucione-os
☉ 12 – Como Usar Assuntos Pessoais
☉ 13 – Posts DA SEMANA
☉ 14 – Use Storytelling E Histórias Inspiradoras

Ideias De Engajamento

☉ 01 – Introdução à Engajamento
☉ 02 – Faça Perguntas Criativas
☉ 03 – Maior alcance com letras pequenas
☉ 04 – Entenda o Direcionamento Para Públicos Especificos (pt 1)
☉ 05 – Testando O Direcionamento Para Públicos Especificos (pt 2)

Dominando os grupos

☉ 01 – Introdução aos grupos
☉ 02 – Defina Objetivos: Parceiros Ou Clientes?
☉ 03 – Escolhendo Os Grupos Certos!
☉ 04 – Partindo Para A Ação
☉ 05 – Fique No Topo Com Posts De SOS
☉ 06 – Abrindo Um Grupo De Sucesso
☉ 07 – Criando Grupo: Passo A Passo
☉ 08 – Descubra Os Grupos De Sua Cidade
☉ 09 – Torne-se Co-administrador De Um Bom Grupo
☉ 10 – Recomendações Para O Sucesso

As armas de persuasão no Facebook

☉ 01 – Introdução à Persuasão Para Networking
☉ 02 – Reciprocidade
☉ 03 – Compromisso e coerência
☉ 04 – Aprovação Social
☉ 05 – Autoridade
☉ 06 – Escassez
☉ 07 – Afeição
☉ 08 – Usando As Armas De Persuasão Para Acelerar Seu Networking

Aplicativos Para Fanpage

☉ 01 – Introdução A Aplicativos Do FB
☉ 02 – Instalando Fan Gates
☉ 03 – Instalando Aba De Vídeos Nativa
☉ 04 – Promova Seus Eventos
☉ 05 – Promova Conteúdo Em Texto Com O NOTAS
☉ 06 – Capture emails e amplie sua lista
☉ 07 – Crie uma ABA para o Instagram

Facebook Ads e Anúncios

☉ 01 – Introdução Ao Ads
☉ 02 – O Primeiro Anuncio
☉ 03 – Visão geral do painel
☉ 04 – Os três Melhores Objetivos De Campanha
☉ 05 – Campanha Para Curtidas – Parte 1
☉ 06 – Campanha Para Curtidas – Parte 2
☉ 07 – Campanha Para Cliques No Site
☉ 08 – POWER EDITOR – O que é
☉ 09 – POWER EDITOR – Visão Geral Do Painel
☉ 10 – POWER EDITOR – Campanhas E Sacadas 1
☉ 11 – POWER EDITOR – Campanhas E Sacadas 2
☉ 12 – POWER EDITOR – Campanhas E Sacadas 3
☉ 13 – POWER EDITOR – Primeiro Teste A/B
☉ 14 – POWER EDITOR – Teste De Grupos A/B

Facebook Ads: As Estratégias Do Ramon

☉ Base De Clientes E Publicos Semelhantes
☉ Criando Públicos Personalizados
☉ Encontre Possíveis Clientes Com SLF
☉ Otimização Avançada
☉ Socorro: Verba Não Consome!
☉ Técnicas Do ********
☉ Conseguindo cliques baratos
☉ Conseguindo conversões baratas
☉ Técnicas avançadas de otimização de Ads

Venda Mais Pelo Facebook

☉ 01 – Introdução: Venda Mais
☉ 02 – Publique Ofertas Matadoras
☉ 03 – Ecommerce – Venda Pelo Facebook

Entenda As Métricas E Insights

☉ 01 – Introdução a métricas e insights
☉ 02 – Como Medir O Alcance E Engajamento
☉ 03 – Descubra Os Melhores Horários Para Postar
☉ 04 – Identifique Os Melhores Tipos De Publicações
☉ 05 – Descubra Os Melhores Posts
☉ 06 – Descubra Quem Odiou Seu Conteúdo
☉ 07 – Entenda A Métrica ***
☉ 08 – Descubra o engajamento do concorrente
☉ 09 – Exportando Para Excel E Analisando Os Dados

Tudo Sobre O EdgeRank

☉ 01 – O Que é O EdgeRank Afinal?
☉ 02 – Affinity
☉ 03 – Weight
☉ 04 – Decay
☉ 05 – Use O EdgeRank A Seu Favor

Ferramentas Poderosas

☉ 01 – Introdução à Ferramentas
☉ 02 – Analise O Crescimento Da Sua Fanpage Com *****
☉ 03 – Criando Vídeos Com ****
☉ 04 – Crie Suas Próprias Imagens Online
☉ 05 – Escolhendo Cores Magníficas
☉ 06 – Meça O Amor Dos Seus Fãs Com C****
☉ 07 – Compre Imagens De Qualidade A 1 Dólar
☉ 08 – Encontrando Imagens Lindas no ****
☉ 09 – Remova Backgrounds Com C****
☉ 10 – Convide todos os seus amigos com F.I.

Minhas Estratégias Secretas

☉ Módulo em desenvolvimento

Entrevistas

☉ Módulo em desenvolvimento

Palavras finais

☉ Módulo em desenvolvimento

 

Para saber mais clique aqui:


Como publicar conteúdo automaticamente na fan page?

Esse é o artigo que realmente poderá ajudar você nessa situação contundente, tenho notado a incessante busca por informação relevante a colocação de conteúdo ( artigo ) de seu blog em sua fan page no facebook, notei até que pessoas recomendam pedir ajuda a algum amigo para que faça isso de forma que não fique muito demorado e trabalhoso para o blogueiro.

Sabemos da importância em ter sua fan page recheada de conteúdo, para que o seu curtir seja o extase. Bem! Para falar a verdade estou usando essa técnica a pouco tempo é o resultado é muito surpreendente, serve para você postar automaticamente o conteúdo de seu blog para a sua fan page no facebook e até mesmo para twittar seus artigos no forte twitter.

Vou te ensinar a colocar seus artigos nessas duas redes sociais automaticamente, toda a vez que você criar um conteúdo novo, terá ele publicado automaticamente em sua fan page no facebook e no twitter.

  • PASSOS NECESSÁRIOS

Tenho em mente que você já tenha o seu blog com algum conteúdo, se não tiver peço que primeiro consiga seu blog, crie algum conteúdo e retorne a esse artigo, se ja passou por essa etapa, então prosseguimos com a explicação.

Você simplesmente utilizará da ferramenta twitterfeed.com entre no site e faça seu cadastro, faça os procedimentos requeridos e acesse a conta, após efetuar seu login você verá uma página como a imagem abaixo, clique ao lado

No campo ( Feed Name ) Coloque o nome que quiser para você reconhecer esse feed quando precisar alterar alguma coisa, recomendo o nome da sua fan page ou site/blog que estará informando os artigos, no campo ( Blog URL or RSS Feed URL ), coloque o endereço de seu feed, você poderá clicar em algo no seu blog que tenha o seguinte link:

Posts RSS

  • Ou clique na imagem

O endereço que aparecer no topo do navegador, copie e cole na caixa no twitterfeed e clique em ( test RSS feed), se ficar ok, significa que esse endereço está correto, clique em ( Continue to step 2 ), você agora estará na tela Feed Publishing,escolha se quer automatizar suas publicações para o twitter ou para o facebook tendo até outras opções, se optou por twitter, basta autenticar sua conta, o mesmo você poderá fazer para o facebook, você deverá autorizar o aplicativo para suas contas isso é seguro, feito esses procedimentos, clique em (Create service), agora você poderá proceder da mesma forma para outras redes sociais a que tenha cadastro, terminando clique em (All Done), pronto!

Agora tudo que você publicar em seu blog, irá automaticamente para o seu facebook, twitter, linkedin e etc, as redes que você configurou para que o aplicativo tenha acesso. Dessa forma seu conteúdo estará automatizado sempre sem ter a necessidade de você colocar mais as mãos na massa.

Leva um tempo para a publicação, no início da pagina do twitterfeed em ( Updating Every ) você poderá notar quando o seu feed será publicado nessas redes sociais.

Se gostou desse artigo e lhe foi útil, por favor deixe abaixo seu comentário e não esqueça de dar um curtir, sucesso!

A pizza perfeita, mesa interativa da Pizza Hut

Quando vi este video pensei logo em compartilhar aqui no blog para você, é simplesmente sensacional, pena que ainda não é no brasil e espero que essa moda pegue muito rápido! da uma olhada no video ai é rapidinho.

Quando vi este video pensei logo em compartilhar aqui no blog para você, é simplesmente sensacional, pena que ainda não é no brasil e espero que essa moda pegue muito rápido! da uma olhada no video ai é rapidinho.

Em parceria com a Chaotic Moon Studios, a Pizza Hut criou uma mesa conceito que, de forma interativa e com superfície touchscreen, deixa seus consumidores visualizarem e customizarem seus pedidos na mesa do restaurante.

A ação permite que a pizza seja “montada” do início, sendo possível selecionar o tamanho, molhos, queijos e demais ingredientes que resultam em pizzas de diferentes sabores e criadas à gosto.

Junto ao pedido, também podem ser adicionadas porções complementares como asas de frango, tipos de pão e sobremesas. Por último, seleciona-se o modo de pagamento.

Para complementar a experiência, enquanto a pizza não chega, a mesa libera alguns jogos para os consumidores se divertirem durante a espera.

pizzahut-mesaconceito-1.jpg.pagespeed.ce.SbBPvXgeic

pizzahut-mesaconceito-2.jpg.pagespeed.ce.Ya4EavbldK (1)

Para a Pizza Hut, a mesa conceito é algo que será aprofundado em um futuro próximo, pensando em melhorar a experiência do consumidor no restaurante, principalmente aquele momento chato de fazer o pedido e esperar a pizza.

10 táticas de branding para usar no plano de marketing

branding,  10 Táticas para suas estratégias de marketing

 

branding

 

Se você não tem muita certeza do que é branding, assista este pequeno vídeo de apenas 2 min. onde eu tento deixar mais fácil de se entender o que é branding. Leia o artigo até o final está muito bom! 🙂

 

Branding posiciona a sua marca na mente do seu cliente. Uma marca forte é ao mesmo tempo única, relevante e constante. Isso é mais do que apenas marketing. É um importante fator de sucesso que oferece real valor para a linha de fundo do seu negócio.

Aqui estão algumas dicas para integrar seu mix de marketing, tendo como o branding um importante fator para compor suas estratégias:

 

1) Branding na tecnologia:

Compreender a tecnologia é fundamental em nossas vidas. Independentemente de onde o seu público está fisicamente, o tipo de dispositivo que utilizam ou quando eles optam por buscar o seu conteúdo, eles esperam que a sua marca esteja presente e seja contextualmente relevante. Forneça informações de marca úteis e, relevante que os prospects precisam em cada etapa do processo de compra.

 

2) Branding social:

As pessoas estão cada vez mais preocupadas com o impacto social causado pelas marcas que consomem. Se elas realizam alguma ação social, estão engajadas com o desenvolvimento da sociedade e no bem-estar das pessoas, elas terão um impacto mais positivo sobre os consumidores. Reconhecer que as diferenças pessoais e profissionais estão, de certa forma, ofuscadas. A forma como as pessoas usam os dispositivos, plataformas de mídia social e informação em suas vidas pessoais informa suas atividades profissionais. Lembre-se de seus clientes (isso vale para o B2B) são pessoas reais. O branding só ajuda você a alcançá-los de forma mais eficaz.

 

3) Branding com conteúdo:

Seja contextualmente relevante para o seu público-alvo. Localização física importa menos quando seus prospects podem acessar o seu conteúdo ao invés do conteúdo de seus concorrentes, entregar um conteúdo de qualidade faz com que sua marca ganhe confiança de seus prospects. Portanto, suas marcas devem estar disponíveis quando e onde os potenciais clientes quiserem alcançá-lo na vida real, online ou em mídias sociais. Entregue as informações que o seu público está buscando. Além disso, esteja preparado para responder às necessidades e preocupações dos consumidores.

 

4) Análise de mercado:

Forneça mais valor do que as perspectivas que os clientes esperam. Saibam que seus clientes usam uma ampla variedade de estratégias para satisfazer as suas necessidades de produtos pessoais X restrições de orçamento. Antecipe as mudanças tecnológicas e de ambientes de mercado. Forneça ao seu público-alvo os produtos que eles precisam antes de perceber que eles precisam

.

5) Posicionamento:

Entregue aos atuais clientes e prospects  uma proposta de valor de marca clara. Sendo uma marca semelhante às demais não te destaca em um mercado lotado, faça algo realmente especial e diferente. Posicionamento de marca eficaz depende de identificar e comunicar a singularidade de uma marca, diferenciação e valor verificável. É importante notar que posicionamento da marca muito igual contradiz a noção de diferenciação e deve ser evitado a todo custo. Este tipo de posicionamento da marca só funciona se a empresa oferece suas soluções com um desconto significativo sobre o outro concorrente(s).

 

6) Branding UX e benchmark:

Ofereça uma experiência de marca consistente em todas as plataformas. Sua marca deve estar disponível e ser a mesma onde, quando e como escolher as perspectivas para interagir com você. Proporcione uma experiência 360º da marca, incluindo seus funcionários. Faça um benchmark de sua marca contra as principais marcas globais, não apenas aqueles em sua categoria. O benchmark e muito importante e faça-o olhando para os gigantes do mercado para poder um dia estar lá.

 

Estão legais as dicas né? resumi bem os tópicos para não alongar muito porque este assunto tem muito “pano para manga” como dizem rs.

 

7) Reciprocidade:

Forneça as informações que prospects e clientes querem e buscam, use da reciprocidade peça seu e-mail e de algo relevante em troca. Use os dados dos clientes internos para direcionar conteúdo apropriado para o seu público quando, onde e como querem a informação. Ofereça produtos que resolvem múltiplas necessidades dos clientes ao mesmo tempo. No processo, atenda às crescentes expectativas dos consumidores para os melhores produtos e serviços.

 

8) Invista em sua marca sempre:

Incentive relações e engajamento com seu público-alvo. Entenda que seu público-alvo é, provavelmente, bem informado sobre a sua marca, os concorrentes e substitutos estão mais perto do que você pensa. Perceba que o momento zero da verdade ocorre antes que você esteja ciente de que a perspectiva é no mercado. Mantenha investimento constante na sua marca.

 

9) Transparência:

Construa credibilidade e reputação corporativa. Este é um elemento crítico da confiança do consumidor. Seja transparente em suas interações com os clientes. Para este fim, lute por algo maior do que a sua oferta específica lutando por ideais mais elevadas que ajudam a satisfazer as aspirações dos seus clientes.

 

10) Presença de marca: Esteja presente em mercados de alto crescimento. Para ser uma marca global, você não pode ignorar os mercados emergentes ou você vai machucar o seu valor atual e potencial de receitas futuras. Preste atenção à dinâmica do mercado de alto crescimento, estabelecendo uma presença que é diferenciada e relevante para os mercados locais.

Estão legais a dica né? resumi bem os tópicos para não alongar muito porque este assunto tem muito “pano para manga” como dizem rs.

Marcas importam tanto para o seu público quanto para sua linha de fundo. No mundo contextualmente relevantes de hoje, o público deve ser capaz de reconhecer a sua marca, independentemente de onde, quando e como ela aparece. Especificamente, isso significa como sua marca aparece no contexto de localização do seu público, o dispositivo, plataforma e conteúdo. O branding ou a gestão da sua marca falando mais claro é muito importante, todo este processo de relação e engajamento seja ele social, B2B ou B2C e outros são fundamentais para que sua marca chegue ao topo!

 

Deixe seu comentário, ele é muito importante para nós. 🙂  Obrigado pela leitura!